terça-feira, 19 de maio de 2009

Músicas e poemas que contêm Figuras de linguagem.

Exemplos de Figuras de linguagem em música e poemas.

- Políssindeto :
* Música : Explode Coração (Gonzaguinha)

Chega de tentar dissimular e disfarçar e esconder
O que não dá mais pra ocultar e eu não quero mais calar
Já que o brilho desse olhar foi traidor
E entregou o que você tentou conter
O que você não quis desabafar

Chega de temer,chorar,sofrer,sorrir,se dar
E se perder e se achar e tudo aquilo que é viver
Eu quero mais é me abrir e que essa vida entre assim
Como se fosse o sol desvirginando a madrugada
Quero sentir a dor desta manhã

Nascendo,rompendo,rasgando,tomando,meu corpo e então eu
Chorando,sorrindo,sofrendo,adorando,gritando
Feito louca,alucinada e criança
Eu quero o meu amor se derramando
Não dá mais pra segurar,explode coração...

* Poema : "E eu morrendo!E eu morrendo!
Vendo-te,e vendo o sol,
e vendo o céu,
e vendo tão bela palpitar nos teus olhos,querida,a delicia da vida!
A delícia da vida!"
(Olavo Bilac)

- Prosopopéia :

* Música : De repente,Califórnia (Lulu Santos)

(...) O vento beija meus cabelos
As ondas lambem minhas pernas
O sol abraça o meu corpo
Meu coração canta feliz.(...)

* Poema : O mundo do menino impossível (Jorge de Lima)

Fim de tarde,boquinha da noite
com as primeiras estrelas
e os derradeiros sino

Entre as estrelas e lá detrás da igreja,
surge a lua cheia
para chorar com os poetas.

E vão dormir as duas coisas novas
desse mundo:
o sol e os meninos. (...)

* - Boquinha da noite - exemplo de Catacrese.Substui a palavra começo/início por boquinha.



Nenhum comentário:

Postar um comentário